RECUPERE a SAÚDE

EMAGREÇA com 15 MINUTOS de TREINO em CASA

+ de 40 Mil Pessoas Já Conseguiram

Alimentação Saudável Diabetes Controlada Viva Sem Doenças

Hipoglicemia: O que é, Causas, Sintomas e Tratamento

Você sabe o que é hipoglicemia, o que ocasiona este mal e quais os possíveis tratamentos? Saiba que a hipoglicemia é um distúrbio provocado pela baixa concentração de glicose no sangue. Também chamada de choque de insulina ou nível de açúcar baixo, a hipoglicemia não é uma doença em si, mas ainda assim, pode ser fatal.

Enquanto os níveis normais de glicose na corrente sanguínea variam entre 70 e 100 mg/ dL, nos casos de hipoglicemia esse número cai para menos de 60 mg/ dL.

O interessante a respeito da hipoglicemia é que ela é bastante comum em pessoas diabéticas.

Parece estranho imaginar que diabéticos, cujas taxas de açúcar no sangue sejam superiores a 126 mg/ dL em jejum, possam ter quadros de hipoglicemia. Mas a explicação para isso está no próprio tratamento contra o diabetes.

Para entendermos como isso ocorre e quais as causas e os sintomas de hipoglicemia, vamos explicar rapidamente o papel da glicose e da insulina em nosso corpo.

O Que Causa a Hipoglicemia?

hipoglicemia causas

Hipoglicemia em Diabéticos

Com exceção das carnes e das gorduras, quase todos os alimentos são fontes de carboidratos. Quando comemos qualquer carboidrato, nosso fígado trabalha para transformar esse alimento em glicose, ou seja, em energia na forma de açúcar.

Parte da glicose será liberada para o sangue e outra parte será armazenada nos músculos em forma de glicogênio. Com glicose circulando pelo sangue, o pâncreas entra em ação produzindo a insulina que irá carregar esse açúcar para dentro das células.

Em outras palavras, após as refeições, é normal que o organismo tenha picos glicêmicos. Porém, em pessoas saudáveis, isso não será um problema, pois a insulina e o glucagon (2 hormônios produzidos pelo pâncreas) irão trabalhar regulando e equilibrando o açúcar no organismo. Tanto que aqui raramente ocorrem casos de hiperglicemia ou hipoglicemia.

No entanto, nas pessoas com Diabetes Tipo 1 e Tipo 2, a taxa de glicose no sangue precisa ser controlada pelo uso de medicamentos como a insulina.

hipoglicemia e insulina

Como a dose de insulina é definida de acordo com a quantidade de carboidratos ingeridos, 3 fatores podem acontecer para que a hipoglicemia ocorra em diabéticos:

  • O cálculo da dosagem foi errado e a pessoa recebeu mais insulina que o necessário.
  • A alimentação da pessoa está fraca ou é feita em pequenas quantidades. Com isso, mesmo que a dose de insulina esteja correta, o corpo sofre com hipoglicemia, pois as refeições não estão suprindo as necessidades nutricionais do organismo. Como dissemos, parte da comida é transformada em glicose. Por isso, pouco nutriente significa pouca glicose. E se houver muita insulina no sangue por conta da medicação, vamos ter
  • Atividade física intensa logo após a administração dos remédios. O corpo gasta energia para realizar os exercícios. Isso significa a glicose do sangue e até mesmo o glicogênio dos músculos, que também será transformado em glicose. Por isso, se houver pouca glicose no organismo para muita insulina novamente tem-se um quadro de hipoglicemia.

Portanto, a hipoglicemia em diabéticos é causada pelo uso excessivo de insulina. Ou seja, ela ocorre em situações pontuais como um efeito colateral do tratamento da doença.

 

Hipoglicemia em Não Diabéticos

Em pessoas não diabéticas, a hipoglicemia surge como consequência de algumas doenças ou cirurgias. Esses casos são:

  • Cirrose ou hepatite grave
  • Tumores no pâncreas
  • Alcoolismo
  • Cirurgia bariátrica (redução do estômago)
  • Medicamentos contra malária (quinina)
  • Medicamentos contra diabetes, tomados acidentalmente ou não. Veja, por exemplo, artigo que adverte sobre Metformina para Emagrecer.

Quais os Sintomas de Hipoglicemia?

sintomas hipoglicemia

Como a glicose é a principal fonte de energia do corpo, os sintomas de hipoglicemia estão associados ao sofrimento celular. Para casos em que a glicemia cai para menos de 60 mg/ dL, os sintomas mais comuns são:

  • Suores e tremores
  • Dores de cabeça
  • Taquicardia (coração acelerado)
  • Fome
  • Calor
  • Nervosismo
  • Formigamento ao redor da boca

Nas situações em que a hipoglicemia é mais severa e a taxa de açúcar no sangue cai para menos que 55 mg/dL, as células do cérebro começam a ficar sem energia. Nesses casos, os sintomas são:

  • Perda de coordenação motora
  • Perda da capacidade de raciocínio
  • Alterações visuais
  • Alterações de comportamento
  • Convulsões e coma

hipoglicemia severa

As convulsões, perda de consciência e coma surgem quando a hipoglicemia atinge níveis abaixo de 40 mg/ dL. Em 30 mg/ dL, a hipoglicemia é fatal. Daí a importância de se reconhecer os sintomas e corrigir esses índices a tempo.

Tratamento da Hipoglicemia

O tratamento da hipoglicemia é simples e consiste basicamente em reverter o baixo índice de açúcar no sangue. Mas para isso é necessário, antes de tudo, identificar o grau de hipoglicemia de acordo com os sintomas descritos acima.

Se for uma hipoglicemia leve e a pessoa estiver com plena consciência dos fatos, basta ingerir 1 colher de sopa de mel ou 1 colher de sopa de açúcar ou mesmo 1 copo de suco de laranja puro. Isso corresponde a uma dose de 15 a 20 g de glicose.

hipoglicemia prevenção

Após a primeira ingestão de glicose, o recomendado é aguardar 15 minutos. Se os sintomas de hipoglicemia persistirem, uma nova dose pode ser administrada, chegando a um limite de 3 doses.

Se mesmo após 3 doses de glicose a hipoglicemia continuar, leve a pessoa ao hospital. De maneira nenhuma ela está em condições de dirigir.

Quanto aos pacientes com diabetes, se a hipoglicemia for frequente, um médico deve avaliar os medicamentos que estão sendo utilizados. Mas alguns hábitos podem ser adotados para evitar que a hipoglicemia ocorra. Confira a seguir.

Como Evitar a Hipoglicemia com Diabetes

  • Não vá dormir em jejum. Isso provoca a hipoglicemia noturna, que se caracteriza por pesadelos, suor excessivo e sono agitado. Ao acordar, a pessoa se sente confusa, exausta e irritada.
  • Não fique sem se alimentar por longos períodos ou mesmo pule refeições.
  • Evite o consumo de bebidas alcoólicas.
  • Atenção à taxa de glicose no sangue antes, durante e depois das atividades físicas.
  • Cuidado na administração da insulina. Quantidade maior que o necessário leva a quadros de hipoglicemia.


tratamento do câncer de mama compartilhe

Artigos Relacionados:

10 Alimentos para Diabéticos e o Índice Glicêmico

Diabetes Tipo 2: O que é, Causas, Sintomas e Tratamento

10 Verdades, Mitos e Descobertas sobre o Adoçante

Remédio Caseiro para Diabetes – 8 Receitas

Diabetes Tipo 1: O que é, Causas, Sintomas e Tratamento

JUNTE-SE A MAIS DE 6.900 PESSOAS
Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos do Saúde na Comida e com PRIORIDADE.

Artigos Sugeridos

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.